8 de abril de 2010

Pare, Escute, Olhe

Um património, uma identidade...

Em nome do progresso erguem-se barragens...

As promessas afogam-se nas águas dessas mesmas barragens, e a quem foram prometidas resta apenas o quê? NADA!

1 comentário:

  1. É verdade Tiago, resta-nos mesmo NADA, cada vez somos mais pobres e a luzinha ao fundo do túnel cada vez é mais longínqua...

    ResponderEliminar